O que é pseudogota?

Crises de dor com inflamação nas articulações? É possível que seja pseudogota. Esse é o nome intrigante de uma das formas da artrite. Para saber mais, acompanhe a leitura, pois neste artigo mostraremos o que é a pseudogota, seus sintomas e tratamento, bem como suas causas.

Pseudogota: o que é?

A pseudogota consiste no depósito de cristais de pirofosfato de cálcio direto nas articulações, configurando uma forma de artrite. Tem o nome de pseudogota pois as inflamações são parecidas com as que ocorrem no caso da gota.

A diferença entre elas é que a gota se dá com a inflamação das articulações em consequência de níveis altos de ácido úrico no sangue, ou seja, a hiperuricemia.

O que pode causar o problema?

Essa inflamação acontece quando há depósitos de cristais de pirofosfato de cálcio no corpo humano, especificamente nas cartilagens. A formação desses cristais, na maioria das vezes, ocorre por um motivo específico, em outras vezes há um padrão familiar ou algumas deficiências enzimáticas que a desencadeia.

Outra causa da pseudogota são patologias provenientes de disfunção da tireoide e algumas desordens do metabolismo. Aqui está uma pequena lista do que pode causar a pseudogota:

  • lesões nas articulações, mesmo por meio de cirurgia;
  • gota;
  • depósito de proteínas em vários órgãos e tecidos (amiloidose);
  • acúmulo de cálcio no sangue causado por altos níveis de hormônio da paratireoide (hiperparatireoidismo);
  • níveis altos de ferro nos tecidos (hemocromatose);
  • baixos níveis de magnésio no sangue (hipomagnesemia);
  • baixos níveis de fosfatase alcalina no sangue (hipofosfatasia).

Quem ela pode atingir?

Esse depósito de cristais de pirofosfato acomete de forma mais comum os idosos após os 60 anos. Acontece de forma gradativa, iniciando com uma quantidade em média de 3% e vai aumentando a cada dez anos chegando até 50% de acúmulo de cristais de pirofosfato de cálcio no corpo.

Trata-se de uma doença que pode afetar tanto homens quanto mulheres, sendo que o aumento da pseudogota afeta as articulações e pode resultar na incapacidade definitiva dessa pessoa.

Como diagnosticar e tratar?

O diagnóstico é realizado pelo exame que faz uma busca pelos cristais dentro das articulações e ao redor delas. Por meio de radiografias, pode-se ver a imagem de calcificações nos tecidos moles.

Para a maioria das pessoas com pseudogota, uma combinação de tratamentos pode aliviar a dor e a inflamação e melhorar a função articular. Eles podem variar com os diferentes modos da doença, mas para a maioria das pessoas o tratamento é feito de forma simples, com o uso de anti-inflamatórios que têm a finalidade de eliminar a inflamação e, por fim, acabar com a degeneração.

Há também o uso de medicamentos não esteroides ou corticosteroides. Para articulações que estejam extremamente doloridas e inchadas, o médico pode inserir uma agulha a fim de remover parte do fluido existente nela, trazendo alívio para o paciente. Logo depois, é injetado no local um medicamento anestesiante e um corticosteroide para diminuir a inflamação.

Conhecer um pouco mais sobre a pseudogota ajuda a identificar os sintomas, caso você ou alguém que conheça esteja passando por isso para assim procurar um médico imediatamente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como  ortopedista em Aracaju.

Dr. Ronald Barreto

Posted by Dr. Ronald Barreto