Lesão do menisco discoide

Lesão do menisco discoide: o que é e como tratar

Antes de entender melhor sobre a lesão do menisco discoide, é importante compreender um pouco o que realmente é essa parte do corpo humano. Assim, vamos à descrição.

O menisco discoide é a denominação de uma ocorrência anatômica muito rara e que, normalmente, interfere no menisco lateral do joelho.

A pessoa que apresenta essa anomalia não costuma ter reclamações ou problemas mais incômodos. Isso até que comece a fazer algum tipo de esporte, especialmente os que exigem uma flexão maior do joelho.

Os sintomas mais comuns da incidência do menisco discoide são inchaço recorrente, dor na parte lateral dos joelhos e estalos. É um problema afeta mais os adolescentes.

Lesão do menisco discoide

O menisco discoide, quando mais espesso, tem muito mais chances de se prender ao joelho e, dessa forma, sofrer uma rotura. Quando a pessoa não tem fixação ligamentar à tíbia, os riscos de que lesões ocorram são ainda maiores.

Nessa condição, há muita dificuldade de cicatrização. Aliás, essa característica também é comum no menisco normal, devido à pouca irrigação sanguínea da região.

Sendo assim, ele é mais propenso a apresentar problemas relacionados a lesões, por ser uma estrutura mais espessa do que o normal. Por isso, é maior a possibilidade de ficar preso entre o fêmur e a tíbia.

Outro fator anatômico que favorece ocorrência de lesão do menisco discoide é que a ligação entre ele a cápsula do joelho é muito fraca. Essa situação o torna mais propenso a ser fisgado, provocando rupturas.

Tratamento para as lesões

Dadas as peculiaridades do menisco discoide, é natural pensar que o tratamento seja diferenciado das lesões mais comuns. Entretanto, é bem semelhante.

Geralmente, nas situações em que o diagnóstico é casual e o indivíduo não apresenta sintomas, a cirurgia não é considerada, ao menos em um primeiro momento. A alternativa mais aplicada é o acompanhamento médico frequente, pois, no futuro, a pessoa poderá desenvolver algum problema maior.

No caso de menisco discoide com lesão, a abordagem segue os padrões e métodos adotados para outros tipos de lesão de menisco.

De acordo com a situação que se apresenta ao médico especialista, ele poderá começar o tratamento por meio da fisioterapia e trabalhos de correção dos aspectos que provocaram a lesão.

Se esse método inicial se mostrar ineficiente ou não houver progresso, então a abordagem mais conservadora do tratamento será aplicada. Por meio de processos cirúrgicos específicos, a parte lesionada do menisco será removida.

O tratamento para lesão do menisco a ser aplicado considerará cada situação isoladamente. Mas não é raro que, após o procedimento cirúrgico, os indivíduos voltem a ter um menisco do tamanho original.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como  ortopedista em Aracaju.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp