joelho

Todo problema de joelho exige cirurgia?

O joelho é uma articulação muito importante e extremamente complexa do corpo humano. Por ter posição anatômica fundamental, ele está sujeito a contusões, estiramentos e torções, especialmente quando não são respeitados os limites de movimento.

Mas será que qualquer problema que atinge essa área precisa de cirurgia? É isso que saberemos neste post. Acompanhe!

Joelho X Cirurgia

O primeiro ponto a ser esclarecido é que nem sempre a cirurgia é o melhor caminho. De acordo com a situação, o tratamento mais indicado podem ser exercícios de fortalecimento e reabilitação ou medicamentos anti-inflamatórios.

A fisioterapia também entra como recurso muito usado para uma recuperação eficiente em diversos casos. A seguir, conheceremos algumas situações em que a cirurgia é recomendada.

Artrite

Existe tratamento para a condição, porém, há casos em que a estrutura está muito lesada e requer que substituições sejam feitas. O maior percentual de pessoas nesse quadro é daquelas que tiveram um trauma significativo na região ou que estão com idade avançada.

Rupturas

Essa articulação do corpo humano conta com uma série de ligamentos que podem se romper por diversos motivos. O mais afetado é o chamado ligamento cruzado anterior. As rupturas podem acontecer quando a pessoa faz movimentos bruscos, que requerem certo grau de esforço, como girar o corpo com apenas uma perna no chão ou um chute falho em uma bola.

Quando ocorre uma ruptura total do ligamento, a alternativa é a cirurgia para recuperá-lo. É importante lembrar que os ligamentos são essenciais e qualquer lesão é uma situação urgente e com potencial de gravidade quando não tratada corretamente.

Substituição

Esse tipo de cirurgia é mais recorrente em pessoas idosas. O objetivo do procedimento é promover a remoção da parte danificada e fazer a substituição por materiais plásticos ou de metal para que pessoa tenha de volta as funcionalidades normais da articulação.

Condromalácia patelar

Normalmente, a primeira recomendação para o tratamento da condromalácia patelar é a fisioterapia, tendo em vista a necessidade de fortalecimento das estruturas e dos músculos do joelho. Porém, a cirurgia é indicada quando o indivíduo não consegue obter os resultados positivos idealizados por meio do método anterior.

Reconstrução do LCA

A sigla LCA quer dizer Ligamento Cruzado Anterior. Trata-se de uma das partes mais importantes, sendo um dos grandes responsáveis por garantir que a pessoa tenha a estabilidade na região da articulação para a execução de atividades do dia a dia. No caso do dano ser muito grave, a cirurgia entra em cena.

Até aqui, vimos alguns dos tipos mais comuns de cirurgias e quando elas devem ser aplicadas. Ainda, precisamos esclarecer que não são todos os casos em que é a melhor solução. Na dúvida, o ortopedista é o profissional certo para avaliar a situação e indicar o método ideal de tratamento.

Mas a dica para evitar qualquer tipo problema é ficar atento e tomar um pouco de cuidado, adotando atitudes simples de prevenção e proteção do joelho, como procurar fortalecer a musculatura, evitar esforços desnecessários e manter o peso ideal.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Aracaju.

 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp