Fisioterapia

Fisioterapia após cirurgia: por que é necessário?

A fisioterapia exerce um papel muito importante no processo de reabilitação dos mais variados tipos de cirurgia, especialmente na ortopédica. Ela garante ao indivíduo uma evolução contínua, até que ele esteja completamente seguro e, assim, apto a retornar às suas atividades diárias.

Um dos fatores que contribui para o aumento do período de recuperação é a demora em inciar a fisioterapia. Além disso, há quem não a realize da forma ideal. Em outras palavras, a recomendação de passar por esse processo está relacionada mais com a redução de tempo do que com “tempo perdido”, como algumas pessoas podem pensar.

Base do tratamento fisioterápico pós-cirurgia

O tratamento fisioterápico aplicado ao indivíduo que acabou de passar por uma cirurgia, tem como fundamentos protocolos e técnicas muito especificas que são direcionadas para cada tipo de patologia.

Após passar por uma avaliação criteriosa e detalhada com o fisioterapeuta, o indivíduo pode iniciar os exercícios de fortalecimento, recuperação dos movimentos da área operada, técnicas de mobilização, de readaptação, bem como vários outros recursos.

O importante é ter ciência de que cada pessoa necessita de determinado período e de determinadas técnicas. Por isso, o método aplicado a um, pode não ser o ideal para outro.

Importância da fisioterapia pós-cirúrgica

Qualquer que seja a cirurgia, o indivíduo precisa ter toda a assistência necessária para que sua recuperação ocorra o mais rápido possível e com o mínimo de desconforto. Afinal, é ideia é de que todos possam retornar as suas atividades o quanto antes.

Nesse sentido, a fisioterapia consiste em um dos mais importantes recursos. É preciso, entretanto, compreender que cada pessoa é única e o tempo de sua recuperação é particular.

O contato direto e frequente com o fisioterapeuta trará mais segurança e motivação para que se passe por essa etapa um tanto sensível, sempre com vontade de se superar a cada dia.

O fisioterapeuta é uma peça chave, considerando seu conhecimento nos mais variados tipos de atendimento pós-cirúrgico. Ele, por exemplo, poderá deixar tudo mais fácil para o indivíduo, ao orientá-lo sobre o que fazer em caso de dor, postura mais adequada até a completa recuperação e tipos de exercícios que melhoram o desempenho pessoal. Veja outros benefícios do tratamento:

  • ajuda a fortalecer as funções respiratórias;
  • promove reabilitação corporal;
  • contribui para saída do sedentarismo ou evita a entrada nele, no período de recuperação;
  • desenvolve exercícios de prevenção de doenças que podem surgir em decorrência do processo cirúrgico, entre vários outros.

Quem pode se beneficiar da fisioterapia

O fisioterapeuta pode ajudar o indivíduo, independentemente do tipo de cirurgia à qual tenha se submetido. Na realidade, não é raro que o cirurgião informe sobre a necessidade da fisioterapia e até recomende um profissional de sua confiança.

É fundamental, entretanto, que as orientações passadas durante a fisioterapia sejam seguidas com rigor. Isso porque somente assim serão obtidos todos os benefícios de uma recuperação eficiente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como  ortopedista em Aracaju.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp